Foto090.jpg

Reabilitação Cardiorrespiratória

A Fisioterapia Cardiorrespiratória está presente em uma variedade de setores e locais do Sistema de Saúde, como em hospitais, centros comunitários, centros especializados de reabilitação, centros comunitários, prática privada, ambientes acadêmicos, entre outros.

 

Tem como objetivo melhorar a qualidade de vida relacionada com a saúde e condição física da população. A intervenção da fisioterapia cardiorrespiratória tem impacto, sobretudo, nos sistemas cardíaco, respiratório, vascular e metabólico.

Exercícios da Fisioterapia Cardiorrespiratória

A reabilitação cardiorrespiratória engloba exercícios, frequência e duração específicos a cada indivíduo e disfunção. Na maioria dos casos, são realizadas sessões de 60 minutos, 3 a 5 vezes por semana, com exercícios de aquecimento, expansão pulmonar, mobilidade torácica, exercícios respiratórios acompanhados com movimentos dos membros superiores e inferiores, ou posicionamento adequado para uma reabilitação eficaz.

 

A intervenção da fisioterapia cardiorrespiratória promove o alivio da falta de ar (dispneia), fadiga, tosse, expectoração, maior resistência para as atividades, previne e ajuda a controlar a diabetes e o peso, mais autonomia e um melhor padrão ventilatório (inspiração e expiração), entre outros benefícios para uma melhor qualidade de vida e bem-estar físico e psicológico do paciente.


 

Galeria Ativit

  • whatsapp-logo-1